O EVENTO

DIAITA: Patrimônio Alimentar da Lusofonia realiza seu VII Colóquio DIAITA Luso-Brasileiro de História e Cultura da Alimentação sob o tema O que come a cidade? Como a cidade come? que será realizado de forma remota entre os dias 20 e 22 de outubro de 2021. 

Fique atento ao CRONOGRAMA e às formas de INSCRIÇÕES e submeta sua Comunicação Oral ou faça sua inscrição como ouvinte no tempo certo.

Identidade Visual

A imagem na barra ao alto do site, representa os cobogós do edifício do Mercado Central de Belo Horizonte.


Cobogó é um bloco vazado de variado material, pensado inicialmente como solução tropical de ventilação e sombreamento. Também proporciona privacidade em relação ao exterior: quem está fora não vê quem está dentro. Uma espécie de "brise-soléil" fixo, brasileiro. Seu nome deriva da junção das sílabas iniciais dos sobrenomes de seus inventores: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis. Eles o usaram na década de 1920, em Recife e, a partir daí, ganhou reconhecimento e uso internacionais com o nome de Elemento Brasileiro.


A iluminação natural, propiciada pela luz dos trópicos através dos vazados dos cobogós, desenha, ainda, figuras de luz e sombra, em efeitos alternados que encantam ao longo do dia e das estações do ano, filtrando como luminárias a luminosidade externa.


Todas as fachadas do Mercado Central são compostas por cobogós cerâmicos. Na imagem de nosso site, vemos a cidade a partir de seus cobogós.


O desenho à lápis da banca comercial do Mercado que ilustra o site é de autoria de Estevão Machado Gontijo, designer gráfico, desenhista e pintor, cedido em seu uso pelo autor. Seus trabalhos podem ser conhecidos no Instagram @estevaomachadogontijo

Promoção
images (1).png
Organização
Grid logos.png
Apoio
unnamed (2).png